PBH cria programa para atender saúde do servidor
 

Devido à preocupação com a saúde e o bem-estar dos servidores municipais, a Prefeitura inicia neste ano o Programa de Atenção Integral à Saúde do Servidor (Paiss), baseado nos resultados do Diagnóstico de Saúde do Servidor, realizado em 2009. O programa visa contratar um plano privado de atenção à saúde, ampliando as coberturas atualmente oferecidas e proporcionando, também, a monitoração da qualidade do serviço prestado.

Por meio de licitação pública, a Prefeitura estabeleceu contrato com a empresa Unimed-BH para ser a prestadora dos serviços de saúde aos seus servidores e dependentes. A vigência dos planos está prevista para começar no dia 1º de março, ficando os atendimentos em urgência e emergência mantidos pela Beprem até dia 28 de fevereiro por meio das clínicas odontológicas, Cliserv e Clisam.


 

Condições especiais

Com a implantação do Paiss, os servidores municipais poderão contar com atendimento ambulatorial, odontológico, hospitalar e obstétrico com abrangência municipal e nas urgências e emergências médicas com abrangência nacional.
Os novos planos de saúde serão implementados em forma de cogestão com a Unimed-BH. De acordo com a coordenadora do Paiss, Aléxia Ferreira, o modelo de cogestão qualifica a capacidade de negociação e representação da Prefeitura no contrato. “A contratação coletiva pela Prefeitura dilui os riscos financeiros e aumenta a capacidade de interlocução do beneficiário com a operadora dos planos, o que resulta em preços mais baixos”, garante.
Aléxia ressalta ainda que a ênfase no desenvolvimento de ações e programas de promoção e prevenção à saúde é um ganho representativo nessa ação. “Nosso objetivo é garantir melhores condições de saúde e, consequentemente, maior qualidade de vida para os servidores”, diz.

Além desses, o contrato prevê ainda mais vantagens ao servidor, como valores de coparticipação em torno de 50% menores que os praticados no mercado e um prazo de adesão sem exigência de cobertura parcial temporária três vezes maior que o garantido pela legislação em casos de doença preexistente. Outro benefício que chama a atenção é o subsídio aos planos de assistência à saúde priorizando as faixas salariais mais baixas e as faixas etárias mais altas.
Para a gerente de Registro e Pagamento de Aposentadorias, Roberta Ester Senna, o novo modelo de atenção à saúde reflete o compromisso da administração em promover a saúde do servidor público. “Acho uma grande vantagem podermos aderir ao plano com a isenção de carência e a não-observância de doença preexistente”, disse. Ela elogia também a iniciativa de estender a ação aos servidores aposentados. “Isso reflete a valorização daqueles que não estão mais na ativa, mas que se dedicaram por muitos anos ao serviço público”, ressalta.

Adesão

A adesão aos planos será voluntária, a partir de segunda-feira, dia 31, mediante manifestação expressa do interessado. Os servidores ativos poderão solicitar a adesão até 28 de fevereiro no 5° andar da Secretaria Municipal de Planejamento (rua Domingos vieira, 120, Santa Efigênia). É necessário agendamento prévio no site da PBH (www.pbh.gov.br), no link Sala do Servidor. Servidores aposentados poderão aderir a partir do dia 7 de fevereiro no BH Resolve. O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h, sem a necessidade de agendamento.

Caso o servidor já possua plano de saúde da Unimed-BH há mais de 24 meses e desejar migrar para o plano contratado pela Prefeitura pode fazê-lo a qualquer tempo sem exigência de carência.

São cinco os planos oferecidos, podendo o servidor optar apenas pela cobertura odontológica ou então por planos que incluem atendimento médico-hospitalar com obstetrícia, seja com acomodação em enfermaria ou em apartamento. Há ainda a possibilidade de inclusão de dependentes, conforme as regras do contrato.

Informações detalhadas sobre os planos, tabelas (de preços), simulador e termo de adesão estão disponíveis no site da PBH, na Sala do Servidor. A Unimed-BH disponibilizou, ainda, um canal exclusivo para atendimento aos servidores municipais, esclarecendo suas principais dúvidas pelo telefone 3218-5525.

Reunião

Foi realizada na quarta-feira, dia 26, na Secretaria Municipal de Planejamento, no bairro Santa Efigênia, uma reunião com entidades representativa dos servidores e empregados da PBH. Estiveram presentes Julio de Marco (Aplena), Aluísio Cardoso de Oliveira (APTA), Paulo Roberto C. Melo (Afisa), Célio F. de S. Silva (Sinfisco), Vanessa Portugal Barbosa (Sind-Rede), Célia Lelis Moreira (Sindibel), Wilcler Diniz Almeida (representante da Assemp), Warlene Salum Rezende, Maria José Ferreira Araújo, Flávio Souza e Silva e Aléxia Ferreira (Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos) e Josué Costa Valadão, secretário municipal interino de Planejamento.

Fonte:
http://portalpbh.pbh.gov.br/pbh/ecp/noticia.do?evento=portlet&pAc=not&idConteudo=44075&pIdPlc=&app=salanoticias

Publicado em 27/01/2011 18:18:23