Mudanças no CPC são discutidas em seminário da Esaprom
 
Encerrando o ciclo de palestras da Escola Superior da Associação dos Procuradores Municipais de Belo Horizonte (Esaprom), o Juiz Federal Gláucio Ferreira Maciel ministrou na noite dessa quinta-feira, dia 23, o seminário “Sistema Recursal do Novo CPC”. Dentro da discussão, o palestrante destacou as principais mudanças do novo código, proposto pelo Senado, que pretende diminuir a morosidade da justiça brasileira.

Para Gláucio Ferreira Maciel, apesar de as mudanças não serem muito significativas no Novo Código, a discussão é importante para que a comunidade jurídica possa apontar falhas no texto dos legisladores e, assim, propor as mudanças cabíveis. Por sua vez, o debatedor do evento, o advogado e procurador municipal, Renato José Barbosa, pontuou algumas falhas da matéria que está em tramitação no congresso e ressaltou que 80% do novo código são semelhantes ao anterior, que foi criado em 1973.

No final do seminário, a presidente da mesa diretora, a procuradora Rosângela Neuenschwander Maciel pediu para que Renato José Barbosa entregasse uma placa homenageando Gláucio Ferreira Maciel pela palestra proferida no auditório da Procuradoria Geral do Município de Belo Horizonte.